Ir para conteúdo


Foto

Fluidos ATF compatíveis (modelos 2007 em diante)


  • Por favor, faça o login para responder
160 respostas neste tópico

#151 fabiano

fabiano
  • Moderadores
  • Cidade:SBS-SC
  • Carro:ImprezaXV

Postado 22 dezembro 2016 - 08:51

Maravilha, obrigado pela resposta. Eu estava perdido quanto ao CVT... 

 

 Edit:

 

 me surgiu uma dúvida em relação aos fluídos...

 Não existe problema em trocar um fluído, que não sei o que tinha e se seguir o manual deve ser o Dexron III da CC, que é mineral e colocar um semisintético como o Dexron VI?

 Sempre ouvi falar que, ao menos  para óleo de motor, não era recomendado essa troca pelo fato das peças terem sido amaciadas com um composto diferente.

 

Abraço

Patatas

 

Não há problema caso os fluidos que irão se misturar sejam compatíveis.

Por exemplo da linha Motul todos os fluidos de uma mesma categoria são compatíveis e miscíveis entre si: por exemplo o Dexron III pode ser misturado com o ATF VI ou com o Multi ATF sem problema.O mesmo vale para óleo de motor, transmissão, arrefecimento e fluidos de freio.

Acredito que seja assim entre todas as marcas de fluidos bons.

 

Mas se tiver algo muito diferente de outra marca no meio (produto muito pior), aí pode dar problema..



#152 Eurico

Eurico
  • Subaristas ♂
  • Cidade:São Paulo - SP
  • Carro:Impreza 2.0 AT 2009

Postado 23 dezembro 2016 - 14:01

me surgiu uma dúvida em relação aos fluídos...

 

Não existe problema em trocar um fluído, que não sei o que tinha e se seguir o manual deve ser o Dexron III da CC, que é mineral e colocar um semisintético como o Dexron VI? Sempre ouvi falar que, ao menos  para óleo de motor, não era recomendado essa troca pelo fato das peças terem sido amaciadas com um composto diferente.

 

Não há nenhum problema, pois o Dexron VI é um fluido de substituição, ou seja, compatível com as especificações Dexron anteriores.

 

inclusive, há relatos em fóruns gringos sobre bons resultados com o uso de Dexron VI em Subaru. Um confrade postou os links neste tópico.


  • Rcastro curtiu isso

#153 JRPatatas

JRPatatas
  • Membros ♂
  • Cidade:São Paulo
  • Carro:Impreza 2.0 2010 A/T

Postado 28 dezembro 2016 - 09:52

Maravilha!

 

Assim que passar as festas vou colocar o Valvoline Dexron VI e coloco as minhas impressões.

 

Muito obrigado e feliz ano novo!!!

Patatas


  • Eurico e Rcastro curtiram isso

#154 Eurico

Eurico
  • Subaristas ♂
  • Cidade:São Paulo - SP
  • Carro:Impreza 2.0 AT 2009

Postado 02 maio 2017 - 21:30

Eis o ATF da Peak, já mencionado aqui. Preço excelente.

 

É 100% sintético, importado dos EUA, à venda na AutoZone:

 

jHtZvoKw9cQ.jpg


  • marcos.ferraz curtiu isso

#155 danteborges

danteborges
  • Membros ♂
  • Cidade:Belo Horizonte
  • Carro:Forester S-Edition

Postado 20 outubro 2017 - 15:23

O óleo de câmbio deve ser conferido com motor ligado. Eu mesmo não sabia, por isso estou compartilhando a informação nos tópicos relacionados. Preferencialmente medir com carro quente, após ter rodado uns 10km ou ter deixado o carro ligado até que a ventoinha arme. Passar a alavanca de câmbio lentamente entre P R N D e voltar para P. Depois verificar o nível que deve estar no limite máximo da faixa "HOT". Medir o nível com carro frio e desligado dá um erro perigoso.



#156 danteborges

danteborges
  • Membros ♂
  • Cidade:Belo Horizonte
  • Carro:Forester S-Edition

Postado 20 novembro 2017 - 07:52

Surgiu aqui uma dúvida, meu carro passou por uma troca de fluido, onde foram feitas 4 trocas parciais pelo Valvoline Mercon V. Agora, decidi colocar o Peak Dexron VI/ Mercon LV. Até agora, fiz três parciais, notei as trocas mais suaves e também notei que o carro empurra menos quando em D, parado. Mas vi na ficha do Peak que ele não atende a especificação Mercon V. Nesse caso, pode haver alguma incompatibilidade?



#157 Eurico

Eurico
  • Subaristas ♂
  • Cidade:São Paulo - SP
  • Carro:Impreza 2.0 AT 2009

Postado 20 novembro 2017 - 12:29

Não há incompatibilidade, justamente por isso foi indicado neste tópico.

 

Verifique a ficha novamente: o Peak Multi-Vehicle ATF atende às especificações Subaru, isso que importa.

 

Mercon V não é uma especificação Subaru, apenas é usada como referência cruzada para outros fluidos, como o Valvoline. Pode haver variação entre os fabricantes.

 

Como explicado no meu post de 23/12/2016, há relatos em fóruns gringos sobre bons resultados com o uso de ATF Dexron VI em Subaru. Um confrade postou os links neste tópico, recomendo a leitura.


  • danteborges curtiu isso

#158 amorim

amorim
  • Membros ♂
  • Cidade:governador valadares
  • Carro:Legacy Gx 98

Postado 23 novembro 2017 - 17:42

Senhores boa tarde.

Gostaria de tirar uma dúvida.

Acabei de pegar uma Legacy Gx 98. Carro completo com cambio automático, teto, air bag, etc.

Já li alguns comentários de carros que perderam o cambio porque misturou água e óleo no cambio.

Como é de conhecimento, a legacy com cambio automático, tem uma entrada e saída na lateral do radiador. Desta forma, ele mantém a temperatura do cambio ideal.  Entretanto, o que observei que com o tempo pode ocorrer a mistura de água e óleo, o motivo, o desgaste da peça e falta de manutenção. Assim sendo, gostaria de opinião dos senhores. Outra questão que observei que o radiador esquenta muito rápido, como a legacy 2.5 é conhecida pelos problemas de refrigeração, pensei em adaptar um radiador de óleo especifico para o cambio. O que ajudaria a evitar a mistura óleo e cambio e auxiliaria na refrigeração do motor.

Quero instalar um radiador de óleo no cambio. Será que é viável? o radiador deve ter aletas finas ou pode ser aquele que parece uma serpentina?

Sei que este tópico não é próprio, como não achei um tópico especifico e aqui se fala de óleo de cambio automático.

O que os senhores acham?

 

Obrigado.



#159 fabiano

fabiano
  • Moderadores
  • Cidade:SBS-SC
  • Carro:ImprezaXV

Postado 24 novembro 2017 - 09:29

Senhores boa tarde.

Gostaria de tirar uma dúvida.

Acabei de pegar uma Legacy Gx 98. Carro completo com cambio automático, teto, air bag, etc.

Já li alguns comentários de carros que perderam o cambio porque misturou água e óleo no cambio.

Como é de conhecimento, a legacy com cambio automático, tem uma entrada e saída na lateral do radiador. Desta forma, ele mantém a temperatura do cambio ideal.  Entretanto, o que observei que com o tempo pode ocorrer a mistura de água e óleo, o motivo, o desgaste da peça e falta de manutenção. Assim sendo, gostaria de opinião dos senhores. Outra questão que observei que o radiador esquenta muito rápido, como a legacy 2.5 é conhecida pelos problemas de refrigeração, pensei em adaptar um radiador de óleo especifico para o cambio. O que ajudaria a evitar a mistura óleo e cambio e auxiliaria na refrigeração do motor.

Quero instalar um radiador de óleo no cambio. Será que é viável? o radiador deve ter aletas finas ou pode ser aquele que parece uma serpentina?

Sei que este tópico não é próprio, como não achei um tópico especifico e aqui se fala de óleo de cambio automático.

O que os senhores acham?

 

Obrigado.

Amorim

Acho que se vc fizer as contas do incômodo/custos diversos....não seria mais tranquilo encomendar um radiador original novo pra ela?

 

O problema não acontece pelo projeto dos radiadores em si, mas normalmente em carros com mais de 100 mil km em que o histórico de uso de fluidos corretos no arrefecimento é duvidoso...E isso acontece exatamente assim em todas as marcas, desde Chevrolet até Audi.


  • amorim curtiu isso

#160 João Petersen

João Petersen
  • Subaristas ♂
  • Cidade:Porto Alegre
  • Carro:FXT 04 e OBK 06

Postado 24 novembro 2017 - 13:47

Olá Amorin,

Concordo com o Fabiano, é melhor e mais barato comprar um radiador novo e de boa marca pro Legacy. E também com instalação de radiador externo, não se sabe em qual temperatura o óleo vai trabalhar.

Melhor fazer boa limpeza do sistema de arrefecimento, trocar bomba de água, etc e trocar o radiador. No ML ou aqui no fórum pode conseguir um






0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos