Ir para conteúdo


Conteúdo mais curtido


#681044 Encontro Nacional Clube Subaru 2015: Informações

Postado por Rafael Machado em 24 setembro 2015 - 16:00

logo_20150922_coresescuras.jpg


Quando e onde:

Dia 01/11/2015, das 9h às 18h
Local: Box 54 (http://www.box54.com.br/)
Endereço: Estrada Gregório Spina 341 - Distrito Industrial. Araçariguama - SP
Referência: KM 54 da Rodovia Castello Branco

Como vai ser:

O encontro vai acontecer dentro do espaço da Box 54, localizado dentro de um condomínio industrial. O espaço da Box 54 tem dois galpões, com um pátio entre eles. O pátio é onde os carros dos membros do Clube Subaru ficarão expostos. Em um dos galpões teremos espaço para os comerciantes/prestadores de serviço que participam do Clube Subaru, além de um stand da própria Subaru, com os novos modelos da marca expostos.

O outro galpão abriga uma exposição permanente mais de 60 veículos clássicos desde a década de 1900 até a década de 1980. Esta exposição estará aberta durante o dia todo.

Em um espaço coberto ao lado da exposição dos carros do Clube Subaru, teremos Food Trucks, barracas e mesas para alimentação.

Planta do evento (pode ter alterações de layout)

encontronacional_final.png

Quanto vai custar:

Não há taxa de inscrição/participação. O evento é gratuito e como valor simbólico, cada participante adulto deverá levar 1kg de alimento não-perecível, a ser doado para entidades carentes da região.

A alimentação pode ser feita nos Food Trucks presentes no local, ou, pra quem preferir, há um Graal na Castello Branco logo antes da saída do KM 54.

Camiseta e plaquinha magnética

Serão produzidas camisetas do evento e plaquinhas magnéticas, com o nick do membro do CS. A aquisição é opcional. Os valores ainda estão sendo decididos e esta seção será atualizada em breve neste tópico.

Apoios confirmados:

 

subaru-logo.jpg
Subaru: Stand com exibição de modelos novos

 

 

 

 

logo-ats.png

ATS Pneus: Stand com exibição de produtos e serviços

 

 

 

 

 

 

Yokohama_9aee4_450x450.png

 

Yokohama: Stand com exibição de produtos

 

 

 

 

 

 

logo_WDC.jpg

WDC Motors: Stand com exibição de produtos e serviços

 

 

20151015095226.jpg

 

Corretora Outuky: Stand com exibição de serviços e cálculos para seguros

 

 

 

 

SPECIALLIZER.jpg

 

SPECIALLIZER: Stand com exibição de produtos e serviços

 

 

 

 

header.jpg

Street Solutions: Stand com exibição de produtos e serviços

 

 

 

 

12167931_858275147621672_1104032703_n.jp

Gearhead: Trailer com exibição de produtos

 

 

 

 

 

00flatlogoneu1.jpg

FlatOut: Divulgação e cobertura

 

 

 

 

 

 

webmotors.png

WebMotors: Cobertura

 

 

 

 

monster-logo.jpg

Monster Energy: Ação de marketing e distribuição de brindes

Demais apoios, se confirmados, serão anunciados aqui.

 

Perguntas & Respostas

- O Encontro terá algum custo?
Não, o evento é gratuito. Porém vamos aproveitar para fazer uma campanha de arrecadação e cada participante adulto deve levar 1kg de alimento não-perecível, a ser doado para entidades carentes da região.

- Quantos carros do Clube Subaru o espaço comporta?
Entre 100 e 150.

- Devo confirmar presença?
Sim. O número de carros que o pátio comporta é limitado e as vagas serão reservadas para quem confirmar presença. Membros do Clube Subaru que não confirmarem presença mas comparecerem ao evento dependerão de haver vagas disponíveis além do número de confirmados. O prazo limite para confirmação de presença é 30/10/2015 e a confirmação deve ser feita no tópico específico: http://www.clubesuba...showtopic=53027

- Tenho um amigo/parente que não faz parte do Clube Subaru, mas tem um Subaru. Ele pode participar?
Sim, mas deve ser indicado por um membro do Clube Subaru (Informar detalhes do carro: Modelo, cor e placa). No entanto, membros tem prioridade, e a utilização de vagas no pátio para não-membros do Clube Subaru depende da disponibilidade de vagas até o dia 31/10/2015. O prazo limite para indicação de não-membros é 28/10/2015.

Caso o número de membros e indicados com participação confirmada alcance o limite de vagas, membros que confirmarem participação a partir desta data tomarão a vaga de um indicado, em ordem inversa de confirmação, ou seja: O membro do CS que confirmar participação tira a vaga do último indicado, e assim por diante.

O objetivo é ter prioridade para membros do Clube Subaru, mas permitindo a participação de outros subaristas.

Caso um não-membro do Clube Subaru não conseguir vaga, ele ainda pode participar do evento, mas sem expor o carro no pátio, e estacionando nas vagas de uso do público em geral.

- Devo chegar no primeiro horário?
As vagas ficarão reservadas até as 12hs. Caso não estiverem presentes até 12hs, a vaga poderá ser usada por outros membros do Clube Subaru presentes e que não tenham conseguido vaga no pátio.

- É necessário permanecer por toda a duração do evento?
Não. Os Food Trucks e barracas deverão começar a operar por volta das 11hs, e estarão presentes durante todo o dia. Desta forma o horário de alimentação é livre, e a permanência também.

No entanto é importante lembrar que teremos cobertura de ao menos dois veículos de mídia, portanto aqueles que se ausentarem durante o evento, ou irem embora antes do final, poderão ficar de fora da cobertura. Ainda existe a possibilidade de haver sorteio de brindes, o que deve ser feito no final do evento.

Aqueles que desejarem ir embora antes do final do evento devem informar a organização, para que a vaga no pátio possa ser usada por outros membros do Clube Subaru presentes e que não tenham conseguido vaga no pátio.

- Posso convidar parentes e amigos que não tenham Subaru?
Sim. O evento é aberto ao público. A entrada para não-subaristas também é gratuita (com 1kg de alimento não-perecível por adulto).

- Existe estacionamento no local?
Sim. O estacionamento do condomínio onde fica a Box 54 tem capacidade para aproximadamente 250 carros. convidados de subaristas e púbçlico em geral, que não estiverem de Subaru, utilizarão este estacionamento que tem cobrança única de R$ 25,00 por período.

- Quantos amigos posso chamar?
Não há limite. Porém, uma vez o estacionamento lotado, será permitida apenas a entrada de pedestres.

- Por que o Encontro Nacional será aberto ao público?
Porque a organização se deu de forma colaborativa, de forma a tornar o evento economicamente sustentável. Não há cobrança de entrada, desta forma o membro do CS não fica comprometido a gastar nenhum valor, e sendo o evento aberto, a Box54 ganha tendo gente circulando em suas dependências e visitando a esposição, os food trucks ganham com o movimento gerado (e não limitado em apenas membros do CS), e o CS e seus membros ganham um local com infraestrutura para realização do evento sem precisar arcar com custos de locação ou organização.

Além disso, ter o evento aberto ao público num espaço que concentre donos de Subaru, veículos originais, customizados e preparados de todo os tipos, comerciantes e prestadores de serviço que fazem parte do Clube e a própria marca permite que pessoas que não tem um Subaru hoje possam ter um "intensivão subarista", podendo tirar dúvidas com donos e com pessoal da Subaru, ter idéias de preços de carros novos e usados, ver inspirações para upgrades, saber sobre peças de upgrade, custos de manutenção, seguro e serviços em geral.

- Mas e se vier um monte de vileiro no evento?
É improvável. Não é um encontro de posto de gasolina ou estacionamento de shopping, então quem se deslocar até o evento sabe onde está indo. Além disso a cobrança de estacionamento, a limitação de vagas e a distância dos centros urbanos desestimula a presença de gente que não seja entusiasta de Subaru.

- Vai ter segurança?
Sim. E pessoal de organização também.

- Estou vendendo meu carro. Posso aproveitar que o evento vai ser aberto ao público e anunciar/negociar ele lá?
Sim.

- Como vai ser feita a divulgação?
20 dias antes do evento o FlatOut vai divulgar, em seção específica de eventos com destaque na home do site. Na semana do evento, vai divulgar de novo. Também serão feitas divulgações nos grupos de Facebook relacionados a carros Subaru e JDM. Membros do Clube Subaru também podem divulgar o evento em suas redes sociais e grupos de amigos.


  • A.KuS, Dou.G, Kim e 15 outros curtiram isso


#706856 Resposta para quando alguém fala mal de Subie

Postado por Groba em 13 fevereiro 2017 - 19:57


  • fabiano, Mitaí, GüeroSinFe e 10 outros curtiram isso


#708352 Tópico dos 'Manco turbo'

Postado por Rafael Machado em 28 março 2017 - 14:04

Bom, eu venho pensando nisso há algum tempo, e é 100% certo que eu vou fazer, assim que captar a verba necessária.

Antes de explicar o que tenho em mente, acho útil um disclaimer básico:

 

  1. Eu não estou preocupado com a viabilidade econômica do projeto. Não me interessa se é mais fácil vender meu carro e comprar um WRX. O Dumogi disse exatamente o que eu penso: Quem faz é por gosto, prazer, satisfação. Não se pôe preço nisso e nem se analisa essas coisas de um ponto de vista racional
  2. Racionalmente falando, turbinar um manco ao invés de comprar um WRX é tão "burro" quanto gastar 30 mil em um WRX ao invés de comprar um STI. Não vejo nenhum dos dois como burrice, e seria legal que mais pessoas pensassem assim.
  3. Eu nunca pensei em ter meu carro como "ponte" para depois comprar um WRX. Meu plano com ele (e minha garagem tá aí pra ilustar) sempre foi melhorar o carro, com toda a satisfação que eu estou tendo no processo.
  4. O "dogma" de que em manco não se mexe é uma das coisas mais chatas do CS. Ninguém questiona um projeto turbo ou um swap em um GC, pelo contrário. Todo mundo se entusiasma e apóia, independente das dificuldades e complecações que SEMPRE acontecem e fazem parte.
  5. É possível fazer o projeto e o Zé Maria tá aí pra provar, centenas de milhares de kms depois.
  6. Não tem verdade absoluta. Cada um vai fazer o projeto que entende que lhe atende melhor. Da minha parte, quanto mais projetos diferentes, melhor.

 

Dito isso tudo, vamos lá. Em setembro do ano passado passei meu carro no dinamômetro junto com um outro manco AT stock pra servir de controle, e desta forma observei que ganhei 12cv com escapamento, filtro inbox e polia do virabrequim da Perrin (o ganho dessa última é questionável embora o Bruno do Absoluto tenha falado que faz parte dele sim).

 

Infelizmente o Abbsoluto nunca me mandou os PDFs das passadas embora eu tenha pedido muitas vezes até pararem de me responder, mas lembro os numeros de cabeça e eles são:

Shark manco AT stock: 118cv de roda (medição do rolo) e 155cv de motor (calculado a partir de formula considerando AT e AWD)

Meu carro: 125cv de roda e 167cv de motor

 

O resultado me animou a continuar na preparação como aspirado, e eu pretendia trocar coletor de admissão, instalar CAI, fazer isolamento térmico de todo o intake, trocar bicos de injeção e acertar tudo com o Unichip ou algum outro piggyback. Fueltech também é considerada.

 

Em paralelo comecei a estudar um pouco turbo, especialmente os downsize de fábrica tipo TSI. Particularmente, não gosto do turbo lag, e prefiro uma aceleração linear fazendo a turbina encher cedo. Me interesso mais por torque em baixa rotação do que potencia cavalar em altas rotações. Durabilidade também é muito importante. Cheguei a uma "receita", totalmente amadora e baseada em tudo o que estudei, e que não foi levada pra um preparador ainda. Mas que é possível. Comparando os custos dos dois orçamentos de peças que fiz (para a preparação aspirada e a preparação turbo) concluí que o turbo é mais interessante.

 

O básico é:

 

Turbina pequena (Referencia: Master Power R4449, que enche de 1500RPM a 3500RPM)

Wastegate (especificações a ser definidas) que seja capaz de impedir que o motor fique amarrado em altas rotações / sobrecarregue a turbina

Bicos de injeção com maior vazão (a definir, mas dimensionado pra 20/30% mais vazão que o original)

Intercooler frontal nacional (por questões de preço e facilidade de instalação, sem necessidade de scoop)

Piggyback ou Fueltech

 

E obviamente, todos os itens acessórios como CAI, dutos, isolamento térmico e etc. O objetivo com isso é ter dois mapas

 

Um, para daily, com cerca de 28kg de torque em 2500RPM e 190cv em 6200RPM. Será usado em 99% do tempo.

O outro, para track day, com cerca de 28kg a 3500RPM e 220cv a 6200RPM. Será usado poucas vezes.

 

Nada aí está escrito em pedra porque eu não tenho conhecimento suficiente para decidir. Mas estes números são possíveis, assim como a idéia básica. Eu entendo que é bem diferente do que uma pessoa costuma procurar hoje em dia num carro turbo. A maioria dos projetos que a gente vê, independente de marca, é com turbinas maiores, lag, patada nas costas a partir de 3500RPM e potencia acima de 250cv. Mas eu estou priorizando o uso no daily, buscando melhor eficiencia volumétrica, energética, e muito provavelmente uma melhora de consumo. Rodar com mais força em rotações mais baixas também vai ser bom para a durabilidade, e manter os números mais baixos do que seria possível (daria pra ter 32kg de torque e 250cv ou mais) também tem a intenção de fazer o projeto durar, sem dores de cabeça.

 

Fiz um orçamento com todas as peças que são necessárias, com alguns custos estimados (chutados pra cima) nos casos das peças que não consegui determinar especificamente marca e modelo. Peguei informações com outras pessoas sobre preços de mão de obra e algumas peças feitas sob medida, e cheguei a um numero: Aproximadamente R$ 10.000,00. Este valor provavelmente vai ser maior, e como eu disse no meu "disclaimer" isso não me importa. Quando eu realizar o projeto é porque consegui a grana necessária e tive a certeza que encontrei o preparador certo pra fazer, com as adaptações no meu plano que forem necessárias. O objetivo final é satisfação.


  • fabiano, Jmariarod, Muh e 9 outros curtiram isso


#703502 Review WRX 2016

Postado por Marcel Triska em 11 novembro 2016 - 05:46

A convite da Uchi Subaru, concessionária de Curitiba, há uns meses atrás passei um final de semana com o novo WRX 2016 e fui solicitado por eles, para que fizesse um review e contasse um pouquinho mais sobre o novo modelo para os antigos subaristas e para os futuros subaristas.

7f2b9d59b45647dda24dfde5a00e6c4d.jpg

Eu que tenho um GD, logo percebi a diferença do tamanho do carro, um pouco mais largo e um tanto mais comprido, porém ainda é um carro extremamente fácil de manobrar e seu visual está muito agradável, remetendo muito aos bons GCs.

bc0a4f0f0867ce722a63ed453c70bacb.jpg

Apesar da simplicidade dos equipamentos (vulgo mimos), o acabamento desse modelo volta a ser de grande qualidade, mantendo o padrão dos WRX, simples e funcional.

4da2b8ec944f944ea202295a517bbec5.jpg

324f777e422d8e6f7c6390c3cf6acd27.jpg

18a4d99c1c20e905b067b50508755e54.jpg

A multimídia é simples, não possui navegador integrado, aceita USB e possui câmera de ré de fábrica, o que proporciona um visual mais limpo na traseira do veículo.

56302c27f614d176b6c785c1236eef3a.jpg

O painel, desde o modelo anterior, já na versão WRX apresenta predominância na cor vermelha, que remete à esportividade e agressividade. Ainda mantém a simplicidade, apresentando apenas informações realmente relevantes ao condutor.

90304e14e664a0fdbb127efcabe0ace0.jpg

05ebdbac8e794ca4b9aba64fe47e011f.jpg

Uma das novidades está no pod central, que apresenta informações sobre consumo atual, consumo médio, manômetro de turbo e informações sobre tração nas rodas, evidenciando a qualidade do SAWD. Numa segunda porção do pod central, ficam as informações do sistema de ar condicionado.

e63f619b9f058961999b0c2e14737b5a.jpg

Desde o modelo anterior, os bancos vêm perdendo sua esportividade no modelo WRX, e agora eles assumiram efetivamente um formato de bancos "ordinários". São em couro, possuem bom apoio lateral, mas estão mais voltados para o conforto.

6741f4ff676c8a2ea1797b1f3d6fc250.jpg

Os faróis contam com projetores de xenon, e estão com um visual particularmente agressivo, que em conjunto com o scoop no capô, definem o visual do esportivo.

3503b7fd908e5a224b515d2d7a37fde9.jpg

Agora falando da parte que interessa. Ao iniciar a condução, para descer do meio-fio já pude perceber a diferença na rigidez do chassi, talvez um dos pontos mais altos deste modelo em comparação ao anterior, uma das rodas chegou a sair do chão, como se o carro tivesse um jogo de sway bars bem rígido. Mas, ao começar a passear pelas ruas de Curitiba, logo pude perceber que essa rigidez não é passada para a coluna do condutor ao trafegar por ruas mais acidentadas.

A performance em geral está muito satisfatória, o motor FA20 conta com injeção direta, e em conjunto com o câmbio CVT que emula 8 marchas, torna o carro bem ágil para o transito e quase não se sente a transição para o spool do turbo. Toda essa dinâmica torna o carro bastante econômico se a condução for social. Consegui obter uma média de 12km/l nesse modo de condução. Já em modo mais agressivo, utilizando os recursos do Sport #, onde ele sempre se mantém com RPM mais alta, ajudando no spool mais rápido, obtive média de 4km/l. Gostei, é um carro bastante elástico.

No geral das minhas impressões, é um carro que eu adoraria ter, mas não substituiria pelo meu WRX 2005, o apelo esportivo é diferente. A diferença do WRX 2016 para o STi 2016 é ainda maior do que nos modelos anteriores, o que, pela diferença de valor, se você pensava em pegar um WRX para fazer alterações de performance, repense e pegue logo um STi, sai mais em conta.

O WRX hoje é um carro para competir com BMW e Audi, seria um conceito que eu chamaria de "executivo radical". Vejo um cara de terno dentro do carro, indo trabalhar com mais emoção.

É o carro que eu teria pra não mexer em nada, apesar de achar os freios visualmente medíocres, seu funcionamento é muito equilibrado, freia firme e sem sufoco.

Gostei do visual sóbrio, sem asa, apenas com o lip na tampa do porta-malas. O espaço interno é muito bem distribuído, o porta-malas por se tratar de um sedan já é grande, mas ao abrir, percebe-se que existe muito mais do que se pode imaginar.

d585d64279ef6bb45402fdb53c54036a.jpg

665956578c7cdd8e18ece134c2e08622.jpg

Ao abrir o capô, já não vemos mais aquele belo coletor de admissão exibindo a beleza do boxer, mas sim uma capa bastante honesta, agregando ao modelo "executivo" do carro.

118d00968dd1ebae0f5f68cf50cd88c0.jpg

E por fim, no ato da devolução, tive oportunidade de ver na oficina essa beleza sendo preparada para ser entregue a um feliz novo proprietário.

c4311e7bd18e354bf9b3b05b44a0e539.jpg

Espero que tenham gostado das informações, não me preocupei com dados técnicos, apenas em relatar as impressões ao ver e conduzir.

Grande abraço a todos, e espero ter ajudado na decisão de quem estiver pensando em comprar uma belezinha dessas.
  • A.KuS, edsonmassao, Muh e 9 outros curtiram isso


#713680 Encontro Nacional Clube Subaru 2017

Postado por kaled em 08 outubro 2017 - 15:06

Fui em todos até agora, desde o primeiro no prainha em 2011, em Curitiba 2012, e no Box 54 2015 e 2016, pretendo comparecer novamente nesta edição 2017, junto com a carreata saindo de Curitiba que estamos organizando.

 

lembrando que no primeiro ano do evento no Box 54, foi somente eu e o Sato aqui do fórum do pessoal de Curitiba, e o Fat que encontramos lá já, ano passado já fizemos uma carreata bacana com 4 ou 5 subarus + eu (sem subaru ano passado infelizmente, fui de F 150 pra levar peças pra galera :laugh: ), já para este ano estamos com um grupo no whats para a galera que vai subir de Curitiba e região, o que promete pelo menos 10 carros saindo daqui de CWB para o ENCS  :clap_:  :clap_:  :clap_:


  • A.KuS, Iwand, edsonmassao e 7 outros curtiram isso


#711598 Encontro Nacional Clube Subaru 2017

Postado por deividfoggi em 07 julho 2017 - 20:37



Video completo aqui: https://youtu.be/Zhj3N68MDOc
  • fabiano, A.KuS, Rafael Machado e 7 outros curtiram isso


#701152 Meu STi Type RA

Postado por Leonardo Perez em 17 setembro 2016 - 21:21

Pequeno vídeo do meu STi que fiz inspirado no vídeo An Early 911 de  Andreas Trauttmansdorff:

 


  • fabiano, villa, Augusto e 7 outros curtiram isso


#695528 Minha guerra contra a CAOA foi vencida

Postado por andrelicks em 07 maio 2016 - 13:37

Boa Tarde Pessoal!

 

Venci a guerra, meu carro que ficou 6 meses parado foi trocado, o Impreza novo tá aqui na garagem.

Thumbnail(s) anexado(s)

  • 13164355_753536588115658_825687894675063832_n.jpg

  • Paulão, A.KuS, edsonmassao e 7 outros curtiram isso


#686400 Bug WRX verde 355hp

Postado por Marcel Triska em 23 novembro 2015 - 18:11

Nunca me esqueço quando Cruzei com ele perdido aqui por ctba, tive que conversar rapidamente no trânsito com o dono, muito bonito


E do carro, o que vc achou?
  • Moonstrike, raulLobregat, A.KuS e 7 outros curtiram isso


#675808 Subaru Impreza Turbo Flex

Postado por Marcio em 19 julho 2015 - 16:07

Dae pessoal,

 

Pra variar as coisas estão bem corridas, mas vou tentar montar aqui um diário do que eu acredito ser a primeira implementação de sistema de combustível flex em um Subaru Impreza Turbo.

 

Não garanto que será um processo muito rápido, até pela minha falta de tempo pra dedicar à isso, nem que sempre sairão muitas atualizações. Pelo menos vou tentar documentar os achados e se estiver dentro do meu conhecimento, esclarecer dúvidas etc.

 

Uma questão importante é separar o que o pessoal “chama” de Flex da implementação descrita aqui. Eu vejo muitos carros com patches na injeção original para que o carro tenha 2 mapas, 1 com gasolina e outro com etanol e em geral o pessoal que tem esses carros vai abastecer e precisa selecionar o mapa que ele quer E abastecer com o combustível certo. Eu diria que esse modelo é mais um dual map, bi-combustível (hora um, hora o outro) do que Flex.

 

Outra configuração que vejo são carros com 1 mapa só rodando o “rabo-de-galo” - mistura fixa de álcool e gasolina. Nesse caso os proprietários que investem um pouco mais compram um kit “flex” que vem um sensor de mistura e um manômetro para poder acompanhar a % dos dois combustíveis no tanque e sempre abastecer a quantidade certa. Abasteceu a % errada e normalmente acaba com problemas...

 

Nada contra as implementações acima, são completamente válidas e eu uso também, mas o tipo de carro flex que será abordado aqui é o equivalente ao nacional – o carro é abastecido com o que tiver disponível, não interessa qual a proporção entre gasolina e etanol e a injeção ajusta a calibração/mapa automaticamente baseada na % de etanol do combustível conforme eu instruir ela, seja essa proporção qual ela for.

 

Como qualquer injeção motorsport que se preze, a Syvecs possui uma estratégia de composição de combustível contendo metanol/etanol (completamente de graça e inclusa na ECU assim como qualquer outra estratégia que ela possui) que é equivalente à estratégia dos veículos nacionais. Basta você ter o sensor de combustível flex, instalá-lo, configurá-lo, fazer as calibrações necessárias e pronto.

 

INICIO 18-Jul-2015

 

Nesta primeira etapa, executei a instalação e configuração (física e lógica) do sensor fazendo um suporte temporário e montando todos os aeroquipes e conexões necerrárias que pode-se ver nas fotos abaixo (o carro é velho, não se preocupem com a feiura das peças ao redor):

 

P1020789.JPG

 

Faltou uma conexão e um dos aeroquipes teve que dar um rolê, mas depois eu arrumo :-)

 

No display posso acompanhar via CAN Bus a quantidade de etanol que está no combustível para poder validar os futuros acertos da injeção:

 

P1020790.JPG

 

Uma coisa interessante é que no display ele mostrou ~23% de etanol na Podium que está no tanque, e como 2% é marginal mesmo no teste de concentração o valor foi esse mesmo. Vou acompanhar se nas próximas abastecidas esse valor varia muito, e se varia de posto pra posto também.

 

UPDATE 19-Jul-2015

 

É, eu não aguentei ver o sensor funcionar e esperar muito: comprei cedo 20 litros de álcool, zerei o tanque de gasolina e abasteci com o álcool. Mesmo inclinando o carro, ficou um pouco de gasolina lá que logo apareceu conforme o carro foi dirigido.

 

P1020792.JPG

 

Bem, independente disso fiz os cálculos, montei o mapa preliminar de testes no álcool que ficou tão bom que já virou a calibração inicial – o carro pegou de primeira, esta rodando normal e AFR um pouco gorda para testes conforme planejado.

 

Dirigibilidade e comportamento do carro rodando no álcool muito melhor do que o esperado, nada de ficar instável ou dando solavancos durante a fase de enriquecimento inicial como alguns carros que tem vindo pra eu “consertar”. A diferença de torque em baixa é perceptível – tanto para estabilização da lenta com o volante de 3,9kg que tenho no carro quanto pra pegar umas subidas com a marcha errada – nada como colocar a ignição no local correto e aproveitar o melhor que o combustível pode oferecer, mesmo que ainda com um mapa preliminar e de teste :-).

 

Próximo passo agora é fazer a primeira calibração da “mescla” entre gasolina e etanol, com 100% de gasolina Brasileira. Depois, 100% de etanol Brasileiro, mais uma mapa, e testes de mescla e progressão entre eles.

 

UPDATE 31-Jul-2015

 

Com o tempo pra isso bem apertado, um update não tão técnico: o suporte foi pintado e parafusos de inox definitivos da instalação foram providenciados, agora só falta chegar a conexão do aeroquipe pra tudo ficar 100% instalado:

 

P1020796.JPG

 

E depois de rodar um tempo com o E80 no tanque, esvaziei ele e agora está com 100% etanol:

 

P1020799.JPG

 

Depois de muitos meses (uns 13) lidando com "heranças" do antigo dono / mecânicos, o motor do carro mudou bastante e não tinha tido tempo de dirigir muito o carro. Tive que usar o carro para uma viagem no fim de semana passado e acabei descobrindo pela EGT que tinha algo de errado com o setup de E100. Aparentemente a wideband está com a calibração um pouco fora, coisa que não era tão perceptivel na gasolina mas ficou um pouco mais evidenciada no alcool.

 

Com essa nova descoberta e por questão de praticidade, vou ter que investir um tempinho analisando essa questão da lambda e fazer primeiro o mapa do E100, que é o que está no tanque hoje.

 

UPDATE 21-Set-2015

 

Infelizmente estou atualizando esse tópico com menos frequência do que gostaria - atualmente estou investigando um ruído que surgiu em uma das câmaras e que eu acredito ser do cabeçote após todos os testes que fiz nos últimos meses e me restou apenas a última opção: retirar eles para verificação mecânica.

Como eu não sou do time que "espera quebrar para abrir", tenho consciência dos valores envolvidos em consertar um _defeito_ ao invés de um _estrago_ e também tenho um orçamento bem limitado, estou adiando os passos para finalizar os mapas e ativar a estratégia flex da injeção. Até agora tenho observado alguns pontos muito interessantes sobre o uso do etanol, especialmente com relação à partida e ao ângulo de injeção do combustível - nada como ter uma injeção com grade laboratorial para pesquisas :-)

Porém, aproveito para abrir um parênteses aqui para ilustrar um fato que muita gente ignora quando pensa em passar o veículo para o álcool que é uma das características que ele tem. Todo mundo tem decorado que ele tem mais energia à liberar por mistura se comparado à gasolina, tem teoricamente melhor resistência à pré-ignição e detonação, é mais barato, consumo maior, menor temperatura de gases de escape (EGT) etc etc. Porém outras características como corrosão e formação de borra são em geral bastante negligenciadas pelos preparadores e donos de veículo que esperam o pior acontecer.

Este final de semana fui acionado por um cliente que "consertei" o mapa que estava no carro dele me informando que o carro havia sido usado normalmente durante a manhã, mas que após estacionar por um tempo ele não pegava mais - parecia que a bomba havia morrido. Fui até o local com algumas ferramentas e o cliente já havia desmontado quase que o carro todo (como bom e vacinado Subarista ele tem uma bela maleta de ferramentas no porta-malas do Subaru) eu apenas retirei a bomba do tanque e a foto abaixo mostra o que encontramos:

 

1.jpg

Sem considerar a péssima instalação que o ex-"preparador" do carro fez com uma bomba que não é compatível com o veículo e estava simplesmente solta do suporte (do jeito que esta na foto e com exceção da abraçadeira que movemos, foi o jeito que saiu do tanque... tristes presepadas de "preparadores" que ficam escondidas e o cliente nunca vê), atentemos à borra branca formada ao redor de toda a estrutura da bomba e da própria bomba de combustível.

Essa borra é muito comum em sistemas à álcool que tem contato com metais não preparados para lidar com ele e provavelmente é o maior motivo pelo qual ocorrem entupimentos. Essa borra é bem espessa, muito parecida com farinha de trigo úmida mas sob delta de pressão centrifugal da bomba ela tem condições de passar pelo filtro de partícula do pescador - que em geral é bem "basicão" em sua filtragem - e ser transportado para o sistema ou prejudicar o fluxo dele. Isso sem mencionar na mesma borra que se forma dentro da linha metálica e das flautas originais do veículo.

Em veículos de rua, a única recomendação que eu faço com relação ao uso do álcool é que a inspeção e manutenção do sistema de combustível seja aumentada - troca periódica de filtro de combustível caso ele não seja nenhum filtro com elemento especial, revisão da estrutura da bomba e pescador a cada 3-4 meses, revisão visual e de leque/vazão dos bicos e sistema de combustível etc. Isso adiciona um certo custo à manutenção do carro, mas EU considero melhor do que arriscar o carro a rodar uma lambda muito pobre por entupimentos ou mal funcionamento do sistema de combustível em situações de uso extremo que podem levar a quebras etc.

No caso de veículos com um pouco mais de investimento, eu recomendo que seja conversado com o seu preparador sobre o uso de materiais adequados, um pouco mais resistentes à corrosão e que não apresentem formação de borra muito rápido ou em grande quantidade e que esse seja um ponto de atenção: se você já colocou 100 mil no carro, coloque mais 6 ou 7 mil e faça um sistema de combustível decente pra proteger o seu investimento e retardar os efeitos de borra pela utilização do álcool. O ditado popular "já que corrói foda-se" não cola pra quem faz as coisas bem feitas, e tentar prevenir, retardar ou reduzir a quantidade de danos em seu projeto sempre vale a pena - a não ser que ao contrário do meu orçamento e os dos meus clientes, seu orçamento seja infinito...

Depois vou abrir a bomba que falhou do carro desse cliente para analisar a parte interna dela e tentar determinar a causa do problema, mas a solução foi substituí-la por uma bomba nova / RCM 2338 de 340 LPH - que estamos testando os limites no etanol.

No meu carro eu uso mangueiras e conexões de alta qualidade da Goodrige (mesmas usadas em veículos de competição) no sistema de combustível, porém ainda não rodei tempo suficiente para avaliar sua qualidade X etanol brasileiro, nem a formação borra / ressecar ou outros problemas no meu setup. As manutenções continuam em regime soviético e nada foi encontrado, porém eu já tenho planos futuros de modificar o sistema e excluir alguns metros de linha metálica e flautas originais, assim como utilizar filtros mais robustos com elementos de alta qualidade. Antes uma mangueira ressecada que dá indícios de fadiga do que borra "invisível" circulando por ai.

 

Por enquanto é isso, até o próximo update.

 

Abs!

Márcio


  • A.KuS, edsonmassao, deividfoggi e 7 outros curtiram isso


#701057 Beep do cinto de segurança

Postado por deividfoggi em 15 setembro 2016 - 16:36

Nada que me diga me convencerá de que existe qualquer proposito em andar com o carro seja lá em qualquer velocidade sem qualquer um dos cintos de segurança.


  • villa, leowaack, Carlo S. e 6 outros curtiram isso


#699528 Encontro Nacional Clube Subaru 2016 - Informações

Postado por Rafael Machado em 10 agosto 2016 - 15:39

encs2016.jpg

  

Quando e onde:

Dia 16/10/2016, das 10h às 16h
Local: Box 54 (http://www.box54.com.br/)
Endereço: Estrada Gregório Spina 341 - Distrito Industrial. Araçariguama - SP
Referência: KM 54 da Rodovia Castello Branco

 

Venda de camisetas e placas decorativas

Informações neste link: http://www.clubesuba...showtopic=56350

 

Como vai ser:

 


O evento vai acontecer dentro do espaço da Box 54, localizado dentro de um condomínio industrial. Vamos usar quase todo o condomínio, dividido em 5 espaços:

 

 

Exposição de veículos Subaru

 

 

- Pátio (se trata do local onde a maioria dos carros ficaram na edição 2015, porém com menos carros ocupando o espaço nesta edição)

 

- Rua 1 (se trata da rua lateral ao pátio, pavimentada)

 

- Rua 2 (se trata da rua principal do condominio, usada na edição 2015)

 

- Galpão coberto (galpão fechado com acesso pela Rua 2)

 

- Excesso (Espaço próximo à entrada do evento para uso de carros que cheguem depois da lotação dos outros espaços ser atingida)

 

 

Stands de expositores

 

 

Da mesma forma que na edição 2015, em um dos galpões teremos espaço para os comerciantes/prestadores de serviço que serão expositores no evento.

 

 

Também haverá stands para os comerciantes/prestadores de serviço localizados na área externa, espalhados junto com os carros expostos nos espaços descritos acima.

 

 

A CAOA decidiu não participar neste ano. Desta forma, não teremos apoio nem presença oficial da Subaru.

 


Alimentação

T̶e̶n̶t̶a̶n̶d̶o̶ ̶n̶o̶s̶ ̶l̶i̶v̶r̶a̶r̶ ̶d̶o̶ ̶t̶r̶a̶u̶m̶a̶ ̶c̶o̶m̶ ̶c̶o̶m̶i̶d̶a̶ ̶e̶m̶ ̶e̶v̶e̶n̶t̶o̶s̶ ̶d̶o̶ ̶C̶S De acordo com sugestões que recebemos, vamos aumentar bastante as opções de alimentação nesta edição. Teremos três áreas separadas (com o intuito de evitar acumulo de pessoas, com opções variadas (De food trucks a pastel e espetinho, opções light, doces e salgados).

 

 

Espaços para descanso

 

 

Uma outra sugestão que surgiu na edição anterior. Separamos espaços ao longo do evento, onde estarão mesas e cadeiras para que o pessoal se acomode. Também há espaço para se sentar nos locais de alimentação e no galpão onde estarão os stands cobertos.

 

 

É permitido levar cadeiras de praia, caso queira ficar próximo ao seu carro.

 

 

Layout do evento

 

 

ENCS2016_Layout_ESPA%C3%87OS.jpg

 

ENCS2016_Layout.jpg

  

Teremos espaço para:

- Aproximadamente 320 veículos Subaru

- Aproximadamente 140 veículos visitantes

 

Quem pode ir:

 

Qualquer pessoa. A exposição é apenas para veículos Subaru, e veículos de outras marcas usarão o estacionamento que consta no layout. A entrada é aberta ao público e os participantes podem convidar quantas pessoas quiserem.

 

Quanto vai custar:

A falta de apoio da Subaru nos impede de fazer o evento com entrada gratuita, como em 2015 Haverá três tipos de entrada paga, a saber:

 

 

 

Estacionamento no Patio -  Trata-se de um pacote que inclui camiseta, placa decorativa para cobrir a placa do carro e estacionamento no Patio da Box 54. Limitada a 80 vagas.

 

Preço: R$ 80,00 (inclui a entrada do carro, seu motorista, uma camiseta, um par de placas decorativas e acesso a estacionamento no Patio).

 

*Exclusivo para membros do Clube Subaru. Instruções de inscrição em breve.

 

 

 

Estacionamento comum – Estacionamento em qualquer outra parte do evento (de acordo com o layout).

 

Preço: R$ 20,00 (inclui a entrada do carro e seu motorista).

 

*Aberto para membros e não-membros do Clube Subaru. Não é necessária inscrição.

 

 

 

Entrada de acompanhantes e visitantes – Acompanhantes dos participantes que tenham escolhido uma das duas formas acima pagam entrada individual

 

Preço: R$ 20,00 (inclui acesso a todo o evento, incluindo o museu de carros clássicos da Box 54).

 

*Aberto ao público em geral.

 

 

 

Camiseta e placa decorativa

Serão produzidas camisetas do evento e placas decorativas com o nick do membro do Clube Subaru. Os valores ainda estão sendo decididos e esta seção será atualizada em breve neste tópico.

 

 

 

A aquisição é opcional, e quem adquirir estacionamento no Patio terá a direito a uma camiseta (tamanho a ser escolhido pelo participante) e um par de placas.

Apoios confirmados:

_________________________________________________________________________________________
 

TPS Automotive (Oficina especializada em importados)

escrita_letra_certa_2.jpg

http://www.oficinatps.com.br/

Rua Serra de Bragança, 1638A - Tatuapé

(11) 2589-6764
(11) 2589-6765
 
Participará com stand 3x3
 
Brindes que oferecerá aos participantes:
 
- Alinhamento de faróis - Gratuito, por ordem de chegada
- Passagem de scanner OBD - Gratuito, por ordem de chegada
 
_________________________________________________________________________________________
 
Mcustoms (Loja de pelas e oficina de preparação - Street e OffRoad)
logo-mcustom.png
 
Rua José de Almeida, 1428 São Paulo
(11) 2209-3396
 
Participará com stand de 3x3

_________________________________________________________________________________________


  • edsonmassao, deividfoggi, marcos.ferraz e 6 outros curtiram isso


#677840 Refil limpadores de Parabrisa Shark: peça da Toyota, mais barato

Postado por rasfonseca em 12 agosto 2015 - 14:12

Olá Pessoal!

Sendo breve, pesquisei no fórum sobre o refil do limpador original do Impreza, e em todos os tópicos que pesquisei só vi informações a respeito de substituir as originais por modelos paralelos como as Bosch Aerofit, Aerotwin etc.

 

A dica: Para quem deseja manter as hastes originais da Subaru e trocar apenas o refil, sem ter que pagar o valor caro cobrado pela Caoa (Mais de R$100,00), fica este tópico como sugestão. Lembrando que a dica vale não só para quem não tem concessionária da Subaru para comprar a peça em sua cidade (como eu) a pronta entrega, mas também quem mora onde tem a concessionária mas pode pagar um preço mais barato pela mesma peça em outra montadora.

 

O refil do limpador usa na dianteira 24" (lado motorista) e 16" (Lado carona). Ambos são fabricados pela Mitsuba, marca que fornece as whiper blades originais para diversas outras montadoras, principalmente as japonesas.

 

Na Toyota o Corolla da geraçao anterior (g10) utiliza as mesmas Hastes do Impreza, exceto pelo fato que a do lado do Motorista é 50mm maior. A do lado do carona é exatamente a mesma.

 

Note na foto abaixo os limpadores do Corolla:

 

p1G2dE6l.jpg

 

Agora observe a semelhança com os limpadores do Shark, tratando-se da mesma peça fabricada pela Mitsuba:

JlAbaEbl.jpg

 

Confirmado a semelhança, fui até uma concessionária da Toyota, retirei um dos limpadores dianteiros do meu Shark e solicitei no balcão de peças o refil. Para minha "surpresa" o refil do lado direito do Corolla (08 - 13) é exatamente o refil do lado direito do Shark, conforme vocês podem ver abaixo:

jOdS7Pkl.jpg

Em cima o refil novo original Toyota para o Corolla. Em baixo minha haste do lado do carona.

 

Note como são exatamente as mesmas peças:

0lzKRXtl.jpg

Nesta foto o refil novo já está montado na Haste, e o refil ressecado antigo do meu Shark já fora para comparação.

 

OBS: Ao remover o refil lembre-se que deverá reutilizar as 2 hastes metálicas que são encaixadas dentro da borracha.

 

E a melhor parte, paguei apenas R$20,95 pelo refil do lado do carona:

9MtsdYQl.jpg

 

Código da peça para quem deseja comprar na concessionária Toyota mais próxima:

YJt1XQIl.jpg

 

wOQBtxVl.jpg

 

Solicitei também o do lado do motorista, mas quando fui até o carro para confirmar, percebi que o lado do motorista no Shark usa um refil de 600mm frente aos 650mm do Corolla. Entretanto, acredito que vou comprar o lado esquerdo e cortar o excesso, pois a haste metálica que vai dentro do refil encaixa perfeitamente, assim como os pontos de fixação, ficando apenas o final do refil sem o acabamento do final.

 

Assim que comprar o lado do motorista com o corte do excesso eu posto aqui para vocês verem como fica. Também creio que vou comprar a do limpador traseiro.

 

UPDATE 20 de Agosto 2015

Pessoal,

Dando continuidade a este guia definitivo (se é que podemos chamar assim kkkkkkk). Identifiquei que a Mitsubish Outlander (2014) também utiliza os mesmos wiper blades da Mitsuba:

xVwzyUbl.jpg

 

E para surpresa, ela usa 24" para o lado do motorista (Mesma medida do Shark). Agora basta verificar se na concessionária eles vendem o refil do limpador assim como nas demais montadoras.

 

Update 29 de Agosto 2015

Pessoal comprei no último fim de semana o refil do limpador traseiro e o refil do lado esquerdo (motorista) na concessionária Toyota. Tentei comprar na Mitsubish mas o vendedor me informou que só vendiam a haste completa, e saia bastante caro.

 

Comprei os refis, cheguei em casa, cortei a sobra das borrachas e ficaram perfeitos. Gastei menos que o valor de apenas 1 refil na CAOA pra comprar todos os 3. Ficaram perfeitos e originais.

 

Os 2 dianteiros são do Corolla da geração anterior como dito antes (somente o do lado do motorista precisa cortar o excesso, o do carona é exatamente o mesmo como mostrado no início do post), e o traseiro veio da SW4. Segundo o vendedor do balcão de peças o refil traseiro do shark é igual ao traseiro da SW4, com o fato apenas que o da SW4 vem maior, sem problemas é só cortar e fica perfeito. 

 

OBS: Só não entendi pois na nota fiscal o da SW4 veio como dianteiro, e não traseiro. Mas de toda forma, vou postar aqui a nota fiscal para que vocês comprem pelo código da peça, mas chequem antes, é bom levar o seu refil na mão.

 

Seguem fotos abaixo:

1AAx4JOl.jpg

No total gastei R$94,00 e troquei todos os 3 refis mantendo as hastes originais, sem contar que estes refis são de excelente qualidade, duram muito tempo (anos).

 

qFgJ2JGl.jpg

Haste traseira do shark já com o refil da SW4 instalado, em baixo o refil original removido. O mesmo vem com o tamanho superior ao do shark, basta cortar com a ajuda de um estilete do mesmo tamanho do original. E sim, ele mesmo original não é do tamanho completo do espaço, sobram uns milímetros ali.

 

LHCh08el.jpg

Haste dianteira lado do motorista. Em cima a haste com o refil original ainda, em baixo o refil do Corolla. Basta cortar no tamanho do refil original, por a haste metálica dentro do refil e reinstalar. 

OBS: Note que no refil há um lado onde a haste metálica se trava dentro do refil. As duas pontas do refil não são iguais, o lado em que a haste metálica se trava dentro do refil também possui uma cavidade onde a haste plastica se trava.

 

Vou deixar uma pequena lista aqui que podemos ir atualizando com carros que possuem a mesma haste da Mitsuba:

  • Toyota Corolla - Dianteiro
  • Mitsubish Outlander 2014 - Dianteiro - Disseram que não vendem só o refil
  • Hyundai HB20S (Algumas versões) - Dianteiro
  • Toyota SW4 - Traseiro

  • A.KuS, LAPS, GüeroSinFe e 6 outros curtiram isso


#710922 "Subaru, a Volvo do Japão". A nova campanha de marketing da CAOA

Postado por Rafael Machado em 13 junho 2017 - 11:37

Pelo menos lerão. 2a6bf3272ed05c53057f3466287be451.jpg0b14acd478812379c66f6cdc50480b07.jpgaf2c45048aa9ecd5c4f2bfad58caac45.jpg

Enviado de meu D6633 usando Tapatalk
  • fabiano, Eurico, rigbizkit e 5 outros curtiram isso


#708183 Tópico dos 'Manco turbo'

Postado por fabiano em 22 março 2017 - 21:51

Galera
Esse tópico é pra quem curte o seu manco e quer turbiná-lo.
É um caminho difícil, precisa muita coisa pra ficar bom, e normalmente custa caro.
Numa análise fria não vale a pena fazer, o sensato seria trocar o 2.0R num WRX, tanto que temos poucos casos conhecidos de 
sucesso com essa experiência feita no motor 2.0R, devidamente documentados.
Mas esse é o objetivo disso aqui, reunirmos quem fez e/ou se interessa pelo assunto e discutir idéias sobre como fazer, de um modo que fique bom, igual ou melhor que o original, por que não? E com o menor custo possível.
 
O Zé Maria (user JMariarod) tem o tópico do seu carro ex-manco aqui: http://www.clubesuba...showtopic=31255
E lá podemos ver uma parte do que foi feito no projeto.
 
Tem muitos detalhes que precisam ser pensados, então aqui será o lugar para trocar idéias sobre o assunto, e buscar soluções.
Divido basicamente em 4 tipos de informações, que é o que precisamos saber, e que enriquecerá esse tópico:
1-´hardware´, coletor, posicionamento da turbina, linhas suplementares de água e óleo (com elas ou sem elas), pressurização, intercooler (usar ou não), etc
2-qual turbina usar, sendo que o tamanho dela irá definir o escopo do projeto, se torque em todas as faixas, atuação só em alta ou misto. Qual pressão usar?
3-itens acessórios (mas vitais pro bom funcionamento do projeto) como bicos, bomba, flautas, velas, mexer no arrefecimento ou não? Qual combustível utilizar?
4-gerenciamento eletrônico->talvez o mais importante, remapear a central original, afinal é ou não possível? usar suplementação extra (tipo HIS), não usar? Usar piggyback (Unichip)?
 
Tem muito pré-conceito  (separei em duas palavras mesmo, pra reforçar o significado da palavra) sobre isso aqui no Fórum, tanto que, todas as vezes que alguém pergunta:
-"como faço pra turbinar o meu manco, alguma dica?"
a resposta-padrão recebida é: 
-" não vale a pena, troque ele num WRX" 
Então essa resposta já sabemos, e quem tá participando desse tópico não quer ouvir isso, mas quer tentar, ou pelo menos saber tudo que precisa pra ver se vai tentar um projeto mesmo assim, ou não.
Então, peço que quem não for comentar nada que ajude ou agregue, que guarde o seu comentário pra si.
Se for algo tipo a ´resposta padrão´ será deletado. Simples.
 
Vou dar meu exemplo: após ter um GT turbo original, mas com quase todo tipo imaginável de preparação/swap/gerenciamento eletrônico feito nele, sei como é encara um projeto assim. Tbem tive a FXT toda original, zero problema, então conheço um pouco sobre isso, sobre a diferença entre o turbo original e as preparações ´personalizadas´, digamos assim, que tem os seus pontos negativos. São esses pontos negativos que queremos minimizar, ou zerar.
 
Agora estou com um XV, um ´Manco Adventure´ :rofl: ótimo carro, mas sinto falta do torque da Forester (36mkgf a 2200rpm x 20 mkgf a 3500rpm-dados aproximados) e isso me deixou curioso sobre se vale a pena turbiná-lo.
A resposta padrão já sei, (vende e com a grana que iria turbinar bem feito compra um WRX) rsrs, mas isso no meu caso não acho possível, pois:
1-quero câmbio automático, pois o carro tem uso focado no dia a dia, esposa usa, etc. No Brasil não tem WRX automático.
2- a altura do WRX ou mesmo do Impreza 2.0R shark é ruim, quem tem, sabe q o bico que enrosca em tudo. O XV não tem esse problema. Agora comprar um WRX e transformar num XV seria inviável ou mesmo depreciaria o carro em minha opinião, erguer o WRX ficaria esquisito apesar de que já vi nos USA.
Então, no fim preferiria turbinar o XV mesmo, personalizadamente de acordo com o meu estilo de uso e de dirigir.
 
Porém não quero ter problemas com confiabilidade e se o custo se tornasse interessante, por que não?
 
Então como eu, tem vários proprietários de 2.0R que pensam assim. Pra isso foi criado esse tópico. Vamos lá galera! Quem tem um apareça! Tenho estimado uma meia dúzia rodando no país, um motor desse inclusive tá numa gaiola offroad.
Mandem fotos e idéias e não tenham medo de falar sobre as cagadas e ´fuckups´ que ocorreram, pois normalmente errando que se aprende! E, se pudermos usar o exemplo e aprender com os erros (e acertos) dos outros, melhor!  :thumbsup:

  • Mitaí, edsonmassao, luisfc e 5 outros curtiram isso


#701157 Acelera Papai!

Postado por wterci em 18 setembro 2016 - 10:25

Filhota pediu, papai fez!

Arquivo(s) anexado(s)


  • fabiano, edsonmassao, LuKaUm e 5 outros curtiram isso


#680233 encontro nacional

Postado por Rafael Machado em 14 setembro 2015 - 12:53

Recebi a resposta que eu precisava pra podermos abrir o tópico oficial:
 
A Subaru participará no Encontro Nacional!  :clap_:  :clap_:  :clap_:
 
Vai rolar um stand  com os carros novos e pessoal deles, fazendo um networking e tals.
 
Eu tava conversando com a Subaru desde junho, e o evento deles de agosto atrasou um pouquinho o papo, o que me fez ter que adiar para novembro também. Mas recebi a confirmação agora e era só isso que faltava pra fechar o formato do Encontro e soltar tópico oficial. 
 
Ainda essa semana vamos criar o tópico oficial, e seguimos por lá.
  • A.KuS, Fornazari, Khayo e 5 outros curtiram isso


#702132 Aula de Punta Taco

Postado por Leonardo Perez em 08 outubro 2016 - 08:41

Vídeo que fiz sobre o que sei do assunto, ainda muito teórico, mas no próximo farei algo mais prático e que vai facilitar ainda mais o aprendizado da galera:

 

 


  • Augusto, marcos.ferraz, Mr. Walls e 4 outros curtiram isso


#675953 Diferenças WRX 2011 vs anteriores

Postado por Rah em 21 julho 2015 - 10:39

Amigo tem bastante informação nos fóruns gringos, mas vamos lá...

 

WRX 2008:

Sway bar traseira 15mm

Molas com taxa de compressão do 2.0R

Pneus 205/50

Régua traseira cromada

Grade dianteira cromada

Interior de tecido

Problemas no motor por bronzinas*

 

Do WRX 2008 para WRX 2009/2010:

Sway bar traseira 16mm

Molas com taxa de compressão maior

Novos amortecedores

Novas buchas

Pneus 225/45

Aerofólio STI (para o hatch)

Régua traseira na cor do carro

Grade STI

Interior de couro

Turbina VF52 (+40hp)

Teto solar

Problemas no motor por bronzinas*

 

Do WRX 2009 para WRX 2011:

Sway bar traseira 17mm

Novas molas

Bitolas mais largas

Novas buchas

Novos amortecedores

Pneus 235/45

Wide body

Novo parachoque dianteiro

Novo grafismo do painel

VDC on/off

(Teoricamente) Sem problemas no motor por bronzinas*

 

 

Tudo do que pude lembrar... Abs


  • Turbo-Xan, GüeroSinFe, Thiago e 4 outros curtiram isso


#662686 WDC Motors (São Paulo/SP) - endereço atualizado!

Postado por Du Sammartino em 09 fevereiro 2015 - 20:13

Apesar de ter postado no tópico do meu carro o motivo da quebra e o por que de eu ter resolvido mudar o projeto, vou postar aqui minha opiniao sobre o ocorrido e sobre a WDC.
Na SW, o meu bloco veio fechado dos EUA, montado pela Rallispec, ou seja a WDC montou todo o restante, e não o shortblock. O shortblock teve uma falha nas bronzinas devido a potencia elevada, ou seja, a WDC não tem culpa.
Todo os serviços feitos pela WDC foram de alta qualidade, e não tenho o que reclamar disso.
Minhas únicas diferenças com a oficina sao: os prazos que não são cumpridos dentro do prazo que eu julgo correto e um dos sócios que na minha opinião é um -editado- e não serve para lidar com clientes. Por estes motivos deixei de ser cliente e hoje levo em outra oficina de um amigo que não vem ao caso citar aqui.

Resumo da história: os serviços prestados pela WDC são bons, os prazos não me atendem e não tenho bom relacionamento com um dos sócios.
Para quem anda falando merda de mim, e sabem quem são, vão -editado-, e não devo satisfaçao alguma para vocês.
E todos os servicos feitos no meu carro foram pagos dentro do combinado com a WDC.
E que fique claro que estou postando minha opinião.
Ponto final dessa historia.


  • raulLobregat, Rammster, JP e 4 outros curtiram isso